Representantes da Aiba discutem sobre melhorias para a fruticultura no Oeste Baiano

Instituto AIBA > Notícias > Notas e Comunicados > Representantes da Aiba discutem sobre melhorias para a fruticultura no Oeste Baiano

Tendo por pauta a discussão sobre a impenhorabilidade de propriedades rurais com área inferior a quatro módulos fiscais, no intuito de buscar soluções para esse problema, uma reunião entre o diretor de fruticultura da Aiba, Márcio Oliveira, o diretor executivo Alan Malinski e o assessor jurídico, Olegário Macedo com participação por videoconferência do deputado federal Carlos Tito (Avante), e do Juiz Instrutor do Gabinete da Presidência do Supremo Tribunal Federal (STF), Doutor Mário Guerreiro, marcou a tarde desta quinta-feira (17), na sede da instituição. Para o diretor de fruticultura da Aiba, Márcio Oliveira, foi dado um importante passo nessa demanda, por meio do deputado Tito hoje foi marcada essa reunião com o dr. Mário, representando o STF, e muito em breve será marcada uma reunião com o relator do processo ministro Edson Fachin. A decisão sobre a impenhorabilidade de propriedades rurais com área inferior a quatro módulos fiscais, tomada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em 21 de dezembro de 2020, tem afetado os fruticultores, devido à impossibilidade de oferecer o imóvel rural como garantia para a obtenção de financiamento para a produção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.