Centro Educacional Mara Júlia inaugura sede própria com recursos do Fundesis

Instituto AIBA > Notícias > Fundesis > Centro Educacional Mara Júlia inaugura sede própria com recursos do Fundesis

Um espaço de convivência que irá auxiliar no desenvolvimento de atividades voltadas à inclusão social e cidadania, a ONG Amigos de Mara, em Santa Rita de Cássia, foi inaugurada na manhã desta quarta-feira (20). A instituição foi contemplada pelo Fundo para Desenvolvimento Integrado e Sustentável da Bahia (Fundesis), que aprovou, no edital de 2019/2020, o projeto de construção da sede própria.  “Além de produtor rural e doador do Fundesis, vejo de perto onde estão sendo investidos os recursos, ressaltando que tudo é feito de maneira sólida e transparente. Nesses 15 anos, o Fundesis vem realizando bons trabalhos e impactando, para melhor, a vida de diversas comunidades no Oeste Baiano”, destacou o vice-presidente da Aiba, Moisés Schmidt. A entidade atende crianças carentes e oferece atividades educativas e culturais, a exemplo de aulas de reforço, musicalização e artes, além de doações de brinquedos, roupas, calçados e cestas básicas às famílias carentes. Voltada às atividades de educação e inclusão social, a Organização da Sociedade Civil Amigos da Mara foi criada em outubro de 2016 e atende uma média de 100 alunos, diretamente, e 350 famílias indiretamente.  “Através deste projeto, podemos perceber a sensibilidade e a responsabilidade em tudo que é feito em benefício das crianças que mais precisam. Além de homenagear, com tanto carinho, a pequena Mara Júlia, é possível ver de perto as atividades lúdicas e o apoio a toda a comunidade”, afirmou a coordenadora do Fundesis, Aléssia Oliveira. A O.S.C Amigos da Mara surgiu após a morte precoce da menina Mara Júlia, em decorrência de um tumor no tronco cerebral. As primeiras ações nasceram do desejo de seus familiares de eternizarem sua memória. Com isto, passaram a promover ações voltadas à educação e a defesa dos direitos de jovens e crianças através dos serviços da creche. Durante a inauguração, foi realizada uma apresentação teatral, prestigiada pela equipe da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), conduzida pelo vice-presidente Moisés Schmidt, o diretor executivo, Alan Malinski, e a coordenadora do Fundesis, Aléssia Oliveira. As avós de Mara Júlia – Ionilde e Deusdália – que coordenam os trabalhos da ONG, agradecem aos produtores pelas doações e partilham do sentimento de solidariedade que levou à criação do projeto voltado ao atendimento de crianças em situação de vulnerabilidade. Alex Guedes, pai de Mara, também fez um agradecimento especial. “Os produtores do Oeste da Bahia merecem o nosso reconhecimento, por permitirem a continuidade dessas ações sócio-educativas tão importantes para a formação das futuras gerações”, concluiu.  O Fundesis realiza investimentos com recursos dos produtores rurais do Oeste Baiano.   Ascom Aiba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.