Fundesis inaugura Centro Terapêutico no Povoado de Grapiúna, em Barreiras

Instituto AIBA > Notícias > Fundesis > Fundesis inaugura Centro Terapêutico no Povoado de Grapiúna, em Barreiras

Emoção e alegria marcaram a tarde de terça-feira (29), durante a inauguração das novas instalações do Centro Terapêutico do Povoado de Grapiúna, que recebeu investimentos realizados pelo Fundo para o Desenvolvimento Integrado e Sustentável da Bahia (Fundesis). Aprovados pela primeira vez no edital de 2020, o projeto foi executado em 2021, aplicando os recursos na construção de dormitórios, banheiros, áreas de serviço e de atendimento médico da instituição. O projeto é coordenado pelo casal João Carlos e Nancy Fonseca, que carinhosamente são tratados pelos internos como pai Bola e mãe Nancy. “Por aqui já passaram 900 homens recuperados. É um trabalho que nos dedicamos com a ajuda de doações como esta que hoje é realidade. Nossa gratidão a Deus, à Aiba e ao Fundesis que nos permitiram continuar com essa ação social”, revela o diretor da da entidade, João Carlos Gonçalves. O Fundesis é mantido por meio de doações dos produtores rurais do Oeste Baiano. “Sempre é gratidão. Um trabalho voluntário realizado por um casal que se dedica com amor ao serviço social. Para nós produtores é uma satisfação contribuir com o Fundesis que já contemplou mais de 214 projetos em ações sociais de toda a região Oeste”, declarou o diretor financeiro da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Hélio Hopp.  Criada em 2003, a instituição configura-se em um Centro Terapêutico que acolhe dependentes químicos do sexo masculino, em situação de vulnerabilidade social. A nova estrutura garantirá mais conforto e acolhimento. Atualmente, 25 pessoas são atendidas pelo projeto, que tem a perspectiva de atender 40 pessoas, a partir da nova estrutura. “Não tenho vergonha de dizer que sou fruto do Centro Terapêutico do Povoado de Grapiúna. Já são três anos que saí desta entidade e sou muito grato ao trabalho do pai Bola e da mãe Nancy. Fico feliz em ver que os internos têm esse incentivo, como o que está sendo inaugurado hoje, uma motivação para continuarem lutando”, revela o ex-interno, Renê Souza. A instituição também foi contemplada no Edital de 2022 do Fundesis e o recurso será destinado à construção da cozinha e do refeitório. “São 15 anos de história, nesse trabalho de grande relevância social, que transforma e contribui para a melhoria da qualidade de vida de milhares de pessoas de toda a região. Isso é o que torna esse trabalho gratificante”, disse a coordenadora do Fundesis, Aléssia Oliveira. Prestigiaram a inauguração, o diretor financeiro da Aiba, Hélio Hopp, a coordenadora do Fundesis, Aléssia Oliveira, a gerente financeira Luciene Brinquedo, a agente de Desenvolvimento do Banco do Nordeste de barreiras, Marly Figueiredo Ramos, os pastores Carlinhos e Robinson que também é vice-presidente do CTPG.  Ascom Aiba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.